domingo, 2 de dezembro de 2012

Carta ao Pai Natal

Querido Pai Natal,
como vão as coisas aí no Polo Norte? Deve estar um briol, não é?
Mas pronto, a isso tu já estás habituado. Ao frio e a ler montes e montes de cartas de pessoas como eu, que mesmo que seja só para manter conversa em dia, têm de escrever sempre uma carta ao Pai Natal.
Este ano o que eu queria mesmo era que me oferecesses um dos teus duendes para fazer o projecto de Computação e Programação por mim... ou então uma máquina do tempo para eu passar a época de exames á frente, sem pensar sequer na sensação que é ter de estudar tanta coisa...



Nenhum comentário:

Postar um comentário