segunda-feira, 11 de março de 2013

Reality behind Disney!

Atenção! Atention! Este post pode ferir a susceptibilidade das pessoas mais sensíveis!

Olá a todos!

Bem começo já por dizer que hoje quero partilhar descobertas que tive relativamente a histórias da Disney e que me deixaram meia escandalizada. Por isso, começo desde já por agradecer ás pessoas da Walt Disney, por terem alterado as histórias originais, de modo a transformar o mundo num sitio tolerável.

Portanto, aqui vai a terrível verdade por detrás das historias da Disney, de uma forma resumida e mesmo assim, chocante:


  1. Capuchinho Vermelho - Não há avozinha nem caçador. O lobo engana a Capuchinho Vermelho e devora-a no final. Ela morre, portanto.
  2. Pequena sereia - Ela transforma-se na mesma em humana, mas quando chega à superfície e à corte, o príncipe casa-se com outra rapariga. Assim, para voltar para o mar, as suas irmãs dão-lhe uma adaga com que ela deveria matar o príncipe  mas ela não consegue, atira-se ao mar e morre enquanto nada para a costa.
  3. Branca de Neve - Esta história até acaba bem para a Branca de Neve, no entanto a rainha queria comer o coração e fígado dela e no final, é obrigada pelos anões a dançar até á morte. A Branca de Neve não acordou com o "beijo do verdadeiro amor", mas sim com um impulso na carruagem do príncipe  que fez com que o pedaço da maçã lhe saltasse da boca. Ora aí está, nada de beijos e romance.
  4. Bela Adormecida - esta é a história mais chocante e sem sentido que já li; acredito que, se fosse uma história infantil, teria traumatizado várias gerações. Bendito Walt Disney! - Ela picou-se e enquanto dormia, foi violada pelo rei e deu á luz 2 gémeos, volto a repetir, enquanto dormia ( sim senhora, claro, então!). Quando o príncipe a encontrou, ela acordou e descobriu que tinha dois filhos.
  5. Cinderela - Esta na versão original só é terrível para as irmãs, que cortam os pés para que caibam nos sapatinhos de cristal ( ai que horror!). Depois dois pombos avisam o príncipe da situação e bicam os olhos das irmãs más, que para além de coxas, ficam cegas e pedintes.

Beeem, depois disto, estou a precisar de uma dose intensa destas histórias versão Disney, para me esquecer que existem pessoas suficientemente perturbadas para escrever coisas destas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário