sexta-feira, 7 de março de 2014

Esquizoafectividade

Hoje entre as aulas e o ginásio, assim em modos de matar tempo, fui com uns amigos abancar perto da estátua do Sousa Martins e apanhar sol, que esta semana tem estado sempre à vista, mas que até aqui já deixava saudades.
Lá estávamos nós, descontraídos e a falar de banalidades, quando se nos aprochega um maluca e diz algo do estilo "Não tens vergonha? O que é que fizeste á tua humanidade?!". Nisto ficamos todos confusos, de olhos arregalados e com uma enorme vontade de rir (talvez só eu esta ultima parte). Nisto aparece uma mulher atrás e diz "Depois diz que não gostas de estar internado!".

Bem, foi o CAOS! Ficámos meio em pânico, podia ser um maluco perigoso, sei lá!
Depois ficou lá meia hora a explicar que ele é esquizofrénico e bipolar ao mesmo tempo, que ela é a namorada dele, mas que ele só a vê como forma de suporte e sustento e por isso anda á procura de uma nova namorada. Depois continuou a dizer que temos de ter cuidado que ele é muito "flirt" e é muito bonito (como todos os sem abrigos malucos, extremamente apelativos) e que temos de ter cuidado se ele nos falar, porque é muito manipulativo.

Bem, nem sei, foi uma manhã psicadélica. Mas lá está, se ele tem problemas mentais deste nível é bom ter alguém que tome conta dele, mas para esta mulher isto mata-lhe a dignidade, continuar com um homem que ela sabe que não gosta dela e que ainda para mais anda abertamente á procura de outra, para não falar de todos os problemas intrínsecos á esquizofrenia e bipolaridade, que ela também descreveu.

Bem, agora ando com medo de sair da faculdade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário